• >> Amiri Baraka, mais um poeta que se vai. Somebody Blew Up America / Alguém detonou a América

    >> Amiri Baraka, mais um poeta que se vai. Somebody Blew Up America / Alguém detonou a América

    Faleceu hoje, 9/1/2014, aos 79 anos, o poeta e ativista estadunidense Amiri Baraka. Em sua homenagem, postamos a versão traduzida para o português e o texto original de sua famosa e controvertida poesia “Somebody Blew Up America”. O vídeo com o próprio Amiri recitando sua poesia foi gravado por ocasião do evento Attica is All of Us, na Riverside Church, no Harlem, Nova York, em 9 setembro de 2011. O evento comemorava o 40º aniversário da rebelião na prisão de […]

    Read more »

     
  • >> Hiper-globalização: nós – súditos da fábrica-mundo, por Giorgio Cattaneo

    >> Hiper-globalização: nós – súditos da fábrica-mundo, por Giorgio Cattaneo

    Hiper-globalização: nós, súditos da fábrica-mundo Por: Giorgio Cattaneo Fonte: libreidee.org Via: oltrelacorte Tradução: Mario S. Mieli Neutralizar o Estado, deixá-lo sem dinheiro e arreá-lo numa rede cada vez mais intricada de vínculos. Está acontecendo faz tempo. Objetivo: desarticular as funções públicas soberanas, para a vantagem de um superpoder externo – dominante, negociante, privatizado. Atrás de políticas regularmente insuficientes, decepcionantes e aparentemente incompreensíveis, há um horizonte claríssimo, chamado hiper-globalização. Funciona assim: a cadeia produtiva das mercadorias é picada e subcontratada nas […]

    Read more »

     
  • >> Singelas Profanações 99 – Apagando bancos e afins…

    >> Singelas Profanações 99 – Apagando bancos e afins…

    Resgatando uma intervenção contestatária silenciosa que ocorreu em Paris, em setembro de 2011. Calma mas decidida, pacífica mas eloquente, singela mas uma pequena lição de economia aos profissionais do setor. E no vídeo, musicada pelo agora (saudoso) Lou Reed, em sua Take a Walk on the Wilde Side… via informarexresistere2· Citação inicial: A juventude que poderá resolver a questão monetária fará mais pelo mundo que todos os exércitos da história. Henry Ford Frase do fim: É tua vez. Quem faz […]

    Read more »

     
  • >> “Vigilância” e coleta de dados pessoais pelo estado é roubo, afirmam 500 entre os mais importantes escritores

    >> “Vigilância” e coleta de dados pessoais pelo estado é roubo, afirmam 500 entre os mais importantes escritores

    capa do jornal inglês “The Guardian”, de terça-feira 10/12/2013 mostrando em sentido horário – Günter Grass, Margaret Atwood, Martin Amis, Arundhati Roy, Don DeLillo e Jeanette Winterson – entre os 500 escritores mais importantes de mais de 81 países que estão, (afinal), se manifestando… Artigo em inglês original: State surveillance of personal data is theft, say world’s leading authors http://www.theguardian.com/world/2013/dec/10/surveillance-theft-worlds-leading-authors Para os nomes de todos os que assinaram e/ou assinar a petição, aqui: http://www.change.org/petitions/a-stand-for-democracy-in-the-digital-age-3

    Read more »

     
  • >> Mandela, um vencedor que nos lega o sonho e o orgulho de sermos humanos

    >> Mandela, um vencedor que nos lega o sonho e o orgulho de sermos humanos

    “Um vencedor é simplesmente um sonhador que jamais se rendeu.” Nelson Mandela … palavras da escritora Marianne Williamson… via visionealchemica.org “Nosso maior medo não é o de sermos incapazes. Nosso maior medo é descobrir que somos muito mais poderosos do que pensamos. É nossa luz e não nossas trevas, aquilo que mais nos assusta. Vivemos nos perguntando: quem sou eu, que me julgo tão insignificante, para aceitar o desafio de ser brilhante, sedutora, talentosa, fabulosa? Na verdade, por que não? […]

    Read more »

     
  • >> A tirania do medíocre, por Claudio Cabona

    >> A tirania do medíocre, por Claudio Cabona

    A tirania do medíocre Por: Claudio Cabona Fonte: http://coriintempesta.altervista.org/blog/la-tirannia-del-mediocre/ Tradução: Mario S. Mieli Está na hora de se pegar nas mãos uma palheta de cores e pintar em cima desse cinza. Porque a nossa sociedade está sendo atravessada por uma revolução antropológica que transcende as classes sociais, transborda os particulares e as adesões, se alimenta e vive do lixo, da mediocridade. Agora, do ventre das mulheres nasce um homem medíocre, estéril, que tem a tarefa de arrastar a multidão na […]

    Read more »

     
  • >> Privatizando a Vida, por Vandana Shiva

    Vandana Shiva – Privatizando a vida (legendas em português) Ver também: Vandana Shiva no Brasil: http://www.brasildefato.com.br/node/15564

    Read more »

     
  • >> iMundo 5 – extrair gás f(r)aturando e contaminando o mundo – Gasland – documentário de Josh Fox e entrevista de Josh sobre Gasland II

    iMundo 5 – extrair gás f(r)aturando e contaminando o mundo – Gasland – documentário de Josh Fox e entrevista de Josh sobre Gasland II em inglês, com legendas em espanhol GasLand 2010 v.o.s. from EnlaceSol on Vimeo. Via rebelion.org Josh Fox entrevistado por Amy Goodman e Juan Gonzales sobre o novo Gasland Parte II Josh Fox on Gasland Part 2, the Fracking-Earthquake Link & the Natural Gas Industry’s Use of Psyops Fonte: Democracynow 12/07/2013 (em inglês) Recomendamos também: >> Fraturamento […]

    Read more »

     
  • >> Cinco minutos para duas crianças que sabem das coisas, na Arte e na Vida

    Cinco minutos para duas crianças que sabem das coisas, na Arte e na Vida Na Arte: Trecho do filme “A King in New York” (Um Rei em Nova York), de 1957, dirigido e estrelado por Charles Chaplin (em seu último papel como ator principal), e seu filho Michael Chaplin, no papel do aluno. O filme só pode ser exibido nos EUA depois de 1967… 1957 – A Kid Explains Why Government is Deceptive and Evil Transcrição traduzida: Mario S. Mieli […]

    Read more »

     
 

Recent Post

 
 

Arquivos Recentes