Maquiavelagens 33–Eros envenenado, Afrodite apocalipsada, a transa humana transhumanizada – o que será que C. Deneuve quis mesmo dizer? por Artur d’Amaru

Schiavo-morente-Dying-slave-Michelangelo


Eros envenenado, Afrodite apocalipsada, a transa humana transhumanizada – A ABUSOCRACIA SOCIOPATA USA O PSEUDO SEXO COMO ALAVANCAGEM DE PODER E OS PATOS ASSOCIADOS USAM SEU PSEUDO PODER PARA CRIMINALIZAR O SEXO, PERENIZANDO ASSIM O DOMÍNIO DA ABUSOCRACIA

(O que será que Catherine Deneuve quis mesmo dizer?)

por Artur d’Amaru

catherine-jp_trans_NvBQzQNjv4Bq3480UNUU8UfSxDSaY1n7MG8nGi5dnbzU1Uvp1fqu20E

Os déspotas pilantras abusadores dominadores infratores violadores violentadores depravados, contam com os violados violentados abusados arrombados arrebentados reais ou imaginários para se perpetuarem, pois – THE SHOW MUST GO ON !!!

prisoner-atlas

No mundo todo, por inteiro, muito se fala dessa perversa voragem,

De Hollywood & da indústria do Entretenimento & da Mídia-Dopagem

Ser covil de assédios, abusos, como todo puteiro de baixa abordagem e alta triagem

No reino da Celebridade-na-mão (ou ao-teu-alcance), calcinha no chão (marinada de grunhidos de baixo calão)

Na suprema capital do capital acumulado da imagem & da publicidade de máxima exposição do exterior da fuselagem

Todo mundo santinho, ninguém nunca ouviu falar do lupanar universal da mais podre e sórdida sacanagem.

Até os pigmeus e os aborígines da Austrália nunca sequer duvidaram

do que era preciso fazer pra brilhar na ribalta da imunda e vil trapaça: vários estágios de genitália-ancoragem,

aviltar-se como ser, passar por sebento controle de mental blocagem e emporcalhada personalidade-dublagem

Agora ninguém sabia o que deixava contente a titia, pobres vítimas-mártires do sebento sexo-chantagem

Mas Diós meu, e o nauseabundo estupro cerebral e a hedionda alienação que contra o público sempre se fazia?

Ora, isso não importa, desde que se tirasse muita vantagem dessa indecente confraria

Claro que quem assediou, abusou, estuprou, ou ritualisticamente sacrificou

Merece apodrecer em qualquer pocilguenta indigna garagem. Mas será que nunca houve troca de favores? Uma mão lava a outra na obscena pia da fraternidade da filmografia? Alguma ignóbil compactuação no óscar da academia?

Ou alguém quer se safar da torpe cumplicidade na prática da abjeta conspiração contra a humanidade inteira, que ria e se entretinha? Isso num capitalismo selvagem que sempre primou pela arte da mais repugnante cafajestagem?

Agora os outrora mocinhos e mocinhas todos puros ingênuos indefesos e inocentes

Reclamam grana pesada para compensarem por sua destrambelhada trampolinagem. Todos santos desonrosamente corrompidos.

E, pior ainda, apelam para o mesmo alto e asqueroso patriarcado do estado corporativo que os abusou em alta escala e notável tiragem

para proteger-lhes a fina plumagem. À parte a real e terrível tragédia do assassinato de Eros, ora, ora, quanta bobagem despachada nesta estufada bagagem

agora um mero olhar de singelo interesse, uma sublime insinuação de dionisíaca cumplicidade, ou uma qualquer paquera de insignificante dosagem

está se tornando um crime da mais alta e absoluta pilantragem,

O que de melhor poderia acontecer para toda a verdadeira velhacagem, que quer só pra si os frutos da lucrativa e capitalista rufianagem?

Para comprovarem quem continua segurando todas as rédeas dos maus costumes e da imunda abordagem?

Fingem ir se tratar em exclusivíssimas clínicas suíças especializadas em curas antiassediagem

E que se situam bem próximas a seus bancos-altares de gestão de fortunas, onde gerenciam seus porcos impérios de agiotagem

Enquanto capitalizam com as súplicas e os chifres de suas passadas famosas presas, numa exaustiva panteonística e museológica amostragem.

Provando mais uma vez que para eles, sexo é só uma das aparelhagens para exercerem sua plena potência de desumano domínio e escravocrata atrelagem.

Garantem, assim, a continuação da posse de mais uma poderosa arma em suas venéreas e veneráveis armazenagens de inquestionada e indiscutida autoridade

para as massas espectadoras, transhumanizam o sensual, que passa a ser uma de todo negativa miragem.

E perpetuam sua soberba bagagem de manipulação e repressão sexual, mental, intelectual e espiritual.

Oh, Minha Deusa Afrodite, dai-me coragem para tanta empinada micagem !!!

slaves-bearded-atlas-760x642

As fotos deste post representam a série de esculturas de Michelangelo tituladas “I Prigioni” (Os Prisioneiros) ou “Schiavi” (Escravos), que se encontram na Galleria dell’Accademia em Florença.

images-8

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment

 
 

You must be logged in to post a comment.

 

Arquivos Recentes