Home » LANCE DE DADOS (Page 22)

  • >>Os pecados do Haiti, por Eduardo Galeano

    >>Os pecados do Haiti, por Eduardo Galeano

    Fonte: Este artigo encontra-se em http://resistir.info/galeano/haiti_18jan10.html A democracia haitiana nasceu há um instante. No seu breve tempo de vida, esta criatura faminta e doentia não recebeu senão bofetadas. Era uma recém-nascida, nos dias de festa de 1991, quando foi assassinada pela quartelada do general Raoul Cedras. Três anos mais tarde, ressuscitou. Depois de haver posto e retirado tantos ditadores militares, os Estados Unidos retiraram e puseram o presidente Jean-Bertrand Aristide, que havia sido o primeiro governante eleito por voto popular […]

    Continue reading »

  • >>Os Palestinos da Amazônia, por Carlos Latuff

    >>Os Palestinos da Amazônia, por Carlos Latuff

    Cansados de esperar por uma reforma agrária que nunca chega, camponeses fazem a “revolução agrária” na Amazônia. A convite do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (CEBRASPO), passei uma semana na companhia de lavradores nos acampamentos da Liga dos Camponeses Pobres (LCP), no interior do estado de Rondônia. Nestes meus dias ao lado dos aldeões, tive a honra de comer de sua comida, participar de suas conversas, de sua rotina, tomar conhecimento de suas necessidades, de suas demandas e seus […]

    Continue reading »

  • >>Por que atirei o sapato, por Muntazer al-Zaidi

    >>Por que atirei o sapato, por Muntazer al-Zaidi

    Não sou um herói. Simplesmente agi como um cidadão iraquiano que testemunhou a dor e o derramamento de sangue de um número demasiado de inocentes Fonte: The Guardian/UK de 18 de setembro de 2009 Tradução: Imediata Estou livre. Mas o meu país continua prisioneiro de guerra. Muito se falou sobre a ação e a pessoa que a tomou, assim como sobre o herói e o ato heróico, e o símbolo e o ato simbólico. Mas eu respondo simplesmente: o que […]

    Continue reading »

  •  
  • >>Da guerra, por José Luís Fiori

    >>Da guerra, por José Luís Fiori

    por JOSÉ LUÍS FIORI Setembro de 2009 Entre 1495 e 1975, as Grandes Potências estiveram em guerra durante 75% do tempo, começando uma nova guerra a cada sete ou oito anos. Mesmo nos anos mais pacíficos deste período, entre 1816 e 1913, estas potências fizeram cerca de 100 guerras coloniais. E ao contrário das expectativas, a cada novo século, as guerras foram mais intensas e violentas do que no século anterior. (J. Levy, “War in the modern Great Power System”, […]

    Continue reading »

  • >>Eduardo Galeano: “Bases dos EUA na Colômbia ofendem dignidade e inteligência”

    >>Eduardo Galeano: “Bases dos EUA na Colômbia ofendem dignidade e inteligência”

    Entrevista a Fernando Arellano Ortiz -Cronicón 29/08/2009 Fonte: http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16127 Tradução: Emir Sader “Bases dos EUA na Colômbia ofendem dignidade e inteligência” Em entrevista concedida no Equador, Eduardo Galeano fala sobre o significado do projeto de instalação de bases militares norte-americanas na Colômbia e sobre o atual momento da América Latina. Ao mesmo tempo em que região vive um tempo aberto de esperança, diz o escritor uruguaio, a independência ainda é um projeto inacabado. “Há uma espécie de renascimento que é […]

    Continue reading »

  • >>Até quando, Berlusconi, abusarás de nossa paciência?

    >>Até quando, Berlusconi, abusarás de nossa paciência?

    Por José Saramago Fonte: O Caderno de Saramago http://caderno.josesaramago.org/ 15 de maio de 2009 Há uns dois mil e cinquenta anos, mais dia menos dia, a esta hora ou outra, estava o bom Cícero clamando a sua indignação no senado romano ou no foro: “Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência?”, perguntou ele uma vez e muitas ao velhaco conspirador que o quis matar e fazer-se com um poder a que não tinha qualquer direito. A História é tão […]

    Continue reading »

  •  
  • >>Sobre segurança e terror, por Giorgio Agamben

    >>Sobre segurança e terror, por Giorgio Agamben

    Por Giorgio Agamben Fonte: Frankfurter Allgemeine Zeitung de 20/11/2001, via http://libcom.org/library Tradução: Agência Imediata “Podemos dizer que a política trabalha secretamente no sentido da produção de emergências.” Breve artigo escrito como resposta aos ataques do 11 de setembro, pelo filósofo Giorgio Agamben, publicado pelo Frankfurter Allgemeine Zeitung em 20 de setembro de 2001. A segurança como princípio condutor da política de estado remonta ao nascimento do estado moderno. Ela é já mencionada por Hobbes como o oposto do medo, o […]

    Continue reading »

  • >>Palestina, terra santa e ocupada: breve narrativa de uma viagem, por Maria Velasquez

    >>Palestina, terra santa e ocupada: breve narrativa de uma viagem, por Maria Velasquez

    Por Irmã Maria Fabiola Velasquez, OP “Eu amo Palestina como uma mãe amorosa para uma criança com deficiência: Sei que tem problemas, mas ainda a amo profundamente”(Samah Jabr) Esta viagem foi sobretudo a escuta de vocês e história de cristãos palestinos de Belém, cidade na qual as Irmãs Dominicanas Internacionais (DSI) faz cinco anos iniciaram um projeto de solidariedade com uma família cristã, que soube envolver outras na produção e na exportação de rosários e de produtos de madeira de […]

    Continue reading »

  • >>Do Império à Democracia, por Howard Zinn

    >>Do Império à Democracia, por Howard Zinn

    Fonte: The Guardian Tradução: Agência Imediata Não devemos desperdiçar 700 bilhões de dólares num resgate, mas usar o “governo forte” naquilo que ele pode fazer melhor – moldar uma sociedade que seja justa e pacífica A crise financeira atual é uma das estações principais no caminho para o colapso do império americano. O primeiro sinal importante foi o 11 de setembro, quando a nação mais fortemente armada do mundo se mostrou vulnerável a um punhado de seqüestradores. E agora, outro […]

    Continue reading »

  •  
  • >>Oh moon of Alabama, por Franco Berardi

    >>Oh moon of Alabama, por Franco Berardi

    Fonte: Rekombinant Oh moon of Alabama it’s time to say goodbye we’ve lost our old good mama and now we must have some whiskey oh you know why….. Un anno fa sono stato in Argentina. Partivo da un’Italia cupa rabbiosa e triste com’è adesso. A Roma un uomo di etnia rom aveva ucciso Giovanna Reggiani e il liquame razzista si spargeva nella psiche della penisola. Non ha smesso da allora di tracimare. Ero talmente assorbito dalla tragedia italiana che non […]

    Continue reading »

  • >>Karl Marx manda lembranças, por César Benjamin

    >>Karl Marx manda lembranças, por César Benjamin

    Fonte: Folha de S. Paulo (20/9) O que estamos vendo não é erro nem acidente. Mais uma vez, os Estados tentarão salvar o capitalismo da ação predatória dos capitalistas. Em meados do século 19, Karl Marx já havia revelado como este jogo se dá. As economias modernas criaram um novo conceito de riqueza. Não se trata mais de dispor de valores de uso, mas de ampliar abstrações numéricas. Busca-se obter mais quantidade do mesmo, indefinidamente. A isso os economistas chamam […]

    Continue reading »

  • >>Desequilíbrios estruturais do capitalismo atual, por Emir Sader

    >>Desequilíbrios estruturais do capitalismo atual, por Emir Sader

    Fonte: Blog do Emir, 11/09/2008 A atual crise econômico-financeira internacional se insere no marco de um ciclo longo recessivo, do qual o capitalismo não logrou sair desde seu início, em meados da década de setenta do século passado. Sem essa inserção, fica difícil a apreensão do caráter dessa crise, das conseqüências que pode produzir e do cenário que deve surgir depois dela. Os ciclos e as crises O capitalismo vive, pela própria natureza do seu processo de reprodução, articulado por […]

    Continue reading »

  •  
  • >>As Olimpíadas: desvendando o Estado Policial 2.0, por Naomi Klein

    >>As Olimpíadas: desvendando o Estado Policial 2.0, por Naomi Klein

    Fonte: The Huffington Post, de 7 de agosto de 2008 Tradução: Agência Imediata Transcrição em inglês da 1a parte da entrevista

    Continue reading »

  • >>Abutres, por Koldo Campos Sagaseta

    >>Abutres, por Koldo Campos Sagaseta

    Fonte: Rebelión / Cronopiando de 01-08-2008 Tradução: Agência Imediata Uma das imagens que melhor retratou o nosso estilo de vida e nosso modelo de desenvolvimento teve como protagonistas uma menina, um abutre e um fotógrafo. Já fazem alguns anos que Kevin Carter tirou a fotografia que o levaria a ganhar o prêmio Pulitzer de fotojornalismo, quando o objetivo de sua câmara tropeçou, no Sudão, com uma menina reclinada sobre seus largos ossos, sozinha e nua, a ponto de colapso. Quando […]

    Continue reading »

  • >>Contra a cultura neoliberal, por Rafael Polo Bonilla

    >>Contra a cultura neoliberal, por Rafael Polo Bonilla

    Fonte: El Telégrafo, 29/07/2008 Tradução: Agência Imediata O neoliberalismo também criou um âmbito sensível cujo slogan tópico foi: não à política, sim ao mercado! Isso significou, entre muitas coisas, o abandono da reflexão crítica sobre a política e da cultura, da arte e da ciência. Dizia-se que a racionalidade ocidental tinha esquecido a importância da emoção e que para sair desse ‘estado de barbárie’ era necessário desenvolver a inteligência emocional. Uma das razões mais expostas foi buscar o bem-estar de […]

    Continue reading »

  •  
  • >>Lembrete para Obama e McCain: ninguém ganha uma guerra, por Howard Zinn

    >>Lembrete para Obama e McCain: ninguém ganha uma guerra, por Howard Zinn

    Fonte: peacereporter.net 29 de julho de 2008 Tradução: Agência Imediata Barack Obama e John McCain continuam discutindo sobre a guerra. McCain diz que é preciso manter as tropas no Iraque até quando “venceremos” e defende o envio de mais tropas para o Afeganistão. Obama afirma que é necessário retirar algumas tropas (não todas) do Iraque e enviá-las para combater e “vencer” no Afeganistão. Para alguém como eu, que combateu na Segunda Guerra Mundial e que desde então tem protestado contra […]

    Continue reading »

  • >>Obama, o príncipe do “vou te fisgar com isso para acabar te vendendo aquilo”, por John Pilger

    >>Obama, o príncipe do “vou te fisgar com isso para acabar te vendendo aquilo”, por John Pilger

    Fonte: The New Statesman de 26 de julho de 2008 Tradução: Agência Imediata Entrevistei uma mulher que perdeu oito membros de sua família, inclusive seis crianças, todos mortos por uma bomba dos EUA – mas assassinatos em massa no Afeganistão não fazem notícia. No dia 12 de julho, o Times dedicou duas páginas ao Afeganistão. Tratava-se, sobretudo, de uma reclamação quanto ao calor. O repórter queixoso, Magnus Linklater, descreveu detalhadamente seu desconforto e como precisou ser borrifado com água gelada. […]

    Continue reading »

  • >>Onde está você, América?, por Sergio Jimenez

    >>Onde está você, América?, por Sergio Jimenez

    Fonte: revista Adbusters, número 79, set/out 2008 Tradução: Agência Imediata América, a grama era mais verde na Colômbia? Ou você gostou do cheiro de areia e petróleo no Irã? Talvez o Líbano tinha melhores céus ou o Haiti melhores costas. Cuba tinha melhores campos e Laos tinha uma melhor lua. Onde está você, América? A Tailândia atirou a primeira pedra? O Vietnã pagou pelo custo humano? O Congo valeu o seu tempo? Ou a República Dominicana era uma melhor perspectiva? […]

    Continue reading »

  •  
  • >>Estados europeus desalmados, por Leonardo Boff

    >>Estados europeus desalmados, por Leonardo Boff

    Fonte: http://leonardoboff.com A “Diretiva do Retorno” também chamada de “Diretiva da Deportação ou da Vergonha” da Comunidade Européia acerca dos extracomunitários ilegais desmascara uma faceta desumana que a cultura européia sempre teve e que dificilmente consegue disfarçar. É uma cultura identitária. Possui dificuldade imensa de conviver com o diferente. Ou o agregou, ou o submeteu ou o destruiu. Invadiu praticamente todo o mundo conhecido, subjugando e matando com a cruz e a espada. Foi ela que, nos primórdios da modernidade, […]

    Continue reading »

  • >>Capitalismo Desastre: o Estado de Extorsão, por Naomi Klein

    >>Capitalismo Desastre: o Estado de Extorsão, por Naomi Klein

    Fonte:

    Continue reading »

 
 

Arquivos Recentes