>> Dos rastros químicos à pseudo-vida de uma humanidade sintética. A agenda oculta da biologia sintética, palestra de Sofia Smallstorm



Dos rastros químicos à pseudo-vida de uma humanidade sintética. A agenda oculta da biologia sintética, palestra de Sofia Smallstorm





Famosa frase de Marcel Proust (1871-1922) que Sofia Smallstorm usa para iniciar sua palestra:


“Le véritable voyage de découverte ne consiste pas à chercher de nouveaux paysages, mais à avoir de nouveaux yeux.”
“A verdadeira viagem de descoberta não consiste em procurar novas paisagens, mas em ter novos olhos.”
“The real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes.”


Temas da palestra:


Transhumanismo. Pós-humanismo. A velha e nojenta Eugenia (“nazi-hitleriana”, “rockefelleriana”, “billgateseana”, etc…) se assumindo com nomes novos.
Geoengenharia.
Nanotecnologia.
Robótica.
Biologia Sintética.
A busca já em fase adiantada de concretizar a desapropriação do que é humano na humanidade e o que é orgânico no mundo natural, em nome de uma nova tecno-ordem não apenas mundial, mas universal.


Com legendas em espanhol:
De los CHEMTRAILS a la PseudoVida – La Agenda Oscura de la BIOLOGÍA SINTÉTICA.



Somente em inglês:
From Chemtrails to Pseudo-Life. The Dark Agenda of Synthetic Biology (FULL LENGTH VIDEO).wmv



Com narração em italiano:
Sofia Smallstorm, Scie chimiche e umanità sintetica, audio in italiano..mp4



CAPA DA REVISTA TIME de 21/2/2011:

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment

 
 

You must be logged in to post a comment.

 

Arquivos Recentes