>> Afinal, de quem a senhora Amanpour (e a CNN) é porta-voz, mesmo?

mqdefault

Quando Anissa Naouai, âncora do canal russo Russia Today – RT – responde indignada à acusação difamatória de que o canal RT seria mera propaganda russa, feita por Christiane Amanpour da CNN, a senhora Amanpour teve que engolir as críticas de Anissa de que toda a cobertura das múltiplas guerras feita pela Amanpour (e pela CNN) não é mais que repasse da versão dos fatos conforme o Departamento de Estado dos EUA…

A CNN censurou o debate, cortando as falas de Anissa. A RT fez uma compilação das falas censuradas…

Transcrição das falas de 1 min 08’’ a 1 2 min 50’’

Certamente, na RT tentamos sempre mostrar os dois lados da história. Damos mais espaço para a perspectiva russa? Claro […] mas essa é uma pergunta absurda, vinda de alguém que propaga a versão do Departamento do Estado [dos EUA] há mais de 15 anos. É totalmente absurdo.

Você não faz mais que propagar a versão do Departamento de Estado [dos EUA] há mais de 15 anos, começando pela Iugoslávia e acabando com a Síria. E agora está fazendo o mesmo com a Ucrânia. Estou falando com você.

Vi muitos dos seus relatórios e naquele em que você questionaria a política do Departamento de Estado… e nós, com nossa “propaganda russa” questionamos aquelas armas para o FSA. Questionamos as armas para o Al-Nusra. E hoje? Temos o ISIS…

Mas seu público deveria ser informado disso… É a eles que você deveria informar isso tudo…

Estou certa de que eles viram seu trabalho na Iugoslávia… Como alguém se atreve a dizer para a CNN de checar quem são seus patrocinadores? Como alguém se atreve a vir para a CNN e dizer uma coisa dessas?

Deixe que seu público decida isso. É o modo mais justo de responder a esse debate. Que seu público reveja seu trabalho na Iugoslávia. Que decidam se coincide ou não com a perspectiva do Departamento de Estado.

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment

 
 

You must be logged in to post a comment.

 

Arquivos Recentes