>> iMundo 17 – “Guerra contra a Vida: duas palavras ao Papa Francisco”, por Gianni Lannes

Scie chimiche Ceriale Albenga Borghetto 10-11-2007 (chemtrails)

Guerra contra a Vida: duas palavras ao Papa Francisco

Por: Gianni Lannes
Fonte: Su la testa!
Tradução: Mario S. Mieli

Senhor Pontífice,

Escrevo-lhe como homem, pai e escritor. Certamente não lhe terá escapado o panorama mundial de destruição, doenças e morte que está agarrando a mãe Terra e a humanidade, alimentado pela ganância e pela avidez de domínio de um punhado de loucos humanoides, sobretudo no Ocidente, que controlam as alavancas do poder econômico e comandam o poder militar.

Basta voltar os olhos para o céu, também em Roma, sobre a Cúpula de São Pedro, flecham quotidianamente aeronaves militares a baixa quota, lançando rastros químicos. Trata-se de substâncias tóxicas como alumínio, bário e nanopartículas artificiais que atentam contra a vida de milhões de pessoas desinformadas. As primeiras vítimas, aquelas mais indefesas, são as crianças.

Está ocorrendo há tempo uma guerra ambiental contra a humanidade – para diminuir drasticamente o número de pessoas vivas – e reduzir os sobreviventes a um estado de mera escravidão.

Democracia, igualdade, justiça, liberdade, são valores flagrantemente negados pela realidade, mas constantemente reafirmados em sua representação cênica. A mentira toma o lugar da notícia, a propaganda substitui a verdade.

A biosfera pode satisfazer as necessidades de todos se a economia global respeitar os limites impostos pela sustentabilidade ecológica e pela justiça social.

Pensamos não poder fazer nada e, assim, nos tornamos sempre mais cúmplices do mais horrendo dos crimes: a indiferença.

O campo da nossa mente foi restrito cada vez mais, assim como foi diminuída até o esgotamento a nossa liberdade. É preciso viver em um mundo melhor, não basta sonhá-lo com os olhos fechados. Os jovens aos quais foi excluído o futuro herdaram prevalentemente sucatas morais e econômicas.

Mas a verdade é como a beleza, não tem limites. Milhões de cristãos, mulheres e homens de boa vontade, confiam em uma sua ação incisiva de defesa concreta da vida.

Hic et nunc.

Gianni Lannes

Rastros químicos sobre Roma:

due scie chimiche al passo del tonale

 

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment

 
 

You must be logged in to post a comment.

 

Arquivos Recentes