>>Santo Antônio sobre usurários

null

Se não tivesse feito mais nada, além de escrever esta frase, já teria justificado santamente sua existência:

“Um povo maldito de usurários, forte e inumerável, cresceu sobre a terra. Os seus dentes são como os dentes de leão… seus dentes cheiram mal, por motivo de existir sempre na sua boca o estrume da pecúnia e o esterco da usura. Os seus queixais são como leõezinhos, porque arrebatam, mastigam e devoram os bens dos pobres, dos órfãos e das viúvas.”

Santo Antônio

 

1 Comment

    Leave a Comment

     
     

    You must be logged in to post a comment.

     

    Arquivos Recentes